sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

4ª S. Silvestre de Lisboa



Em Dezembro de 2010 dei início a este blog e o meu 2º post relatava a minha 1ª participação numa S. Silvestre, neste caso na de Lisboa, que ia na sua 3ª edição.
Na altura o meu objectivo passava por baixar dos 40 minutos numa corrida de 10 km.
Hoje, 20 crónicas passadas sobre esse início de contribuição para a blogoesfera, relato aqui a minha experiência em mais uma S. Silvestre de Lisboa, desta feita na edição de 2011.
Este ano a corrida teve lugar no sábado, último dia do ano, com início às 16 horas. Achei óptimo a corrida ter lugar ainda durante o dia (em 2010 fora à noite), pois assim envolvi a família toda, Helena, Rui e Rita, os quais participaram na Mini de 5 km, tornando o evento muito mais agradável. Apanhámos o metro e lá nos dirigimos para a Praça dos Restauradores, a qual se encontrava bastante animada quando chegámos.  Encontrámos logo o alegre grupo dos Run 4 Fun, que se dintinguiam claramente, mercê da fluorescente t-shirt laranja.




Um minuto e trinta e sete segundos antes da elite masculina, partiram as atletas da elite feminina, com a Ana Dulce Félix a encabeçar um grupo de resolutas atletas. Depois partiram os restantes atletas. Eu aranquei juntamente com o meu amigo Gonçalo Cardoso e lá fui aproveitando o ritmo vigoroso que ele impunha.


Os primeiros 5 kms foram relativamente planos e simples de fazer. O problema foi quando começou a subida da Av. da Liberdade. Aí o meu ritmo baixou acentuadamente. Quando comecei a subir a Fontes Pereira de Melo ainda tive a oportunidade de vislumbrar a Dulce Félix a descer,  já ladeada pelo Tiago Costa e pelo Hermano Ferreira, que haveriam de cruzar a meta de mãos dadas, embora este último fosse dado como vencedor.


Chegado ao Saldanha, foi altura de ir buscar forças onde elas ainda existissem, para acelerar na descida e fazer os últimos 2 kms o mais rápido possível. E lá cheguei à meta em 38’52’’, menos um exacto minuto do que no ano anterior. Suspeito que para baixar um minuto na próxima edição, vai ser necessário muito mais treino...




Alguns segundos depois chegou o meu filho Rui, tendo acabado de completar os 5 kms, logo seguido pelos restantes membros da família.



E assim passámos mais uma divertida e saudável tarde, nesta nossa bela cidade de Lisboa.

Sem comentários:

Enviar um comentário