quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Trail Camp da Lousã




E porque a vida de um Trail Runner não são apenas as provas, quero falar aqui um pouco acerca dos Trail Camps.

Este ano já participei em mais Trail Camps do que em provas de Trail. Na verdade apenas fiz o MIUT e o TLSM, e até ao fim do ano apenas estou inscrito no UTMB e no UTAX.


Quanto a Trail Camps, participei nos seguintes:


Estágio da Seleção Nacional de Trail, no Vale do Rossim, Serra da Estrela, em Maio, uma organização conjunta da ATRP e do Armando Teixeira.

Já aqui falei deste estágio, mas importa sublinhar que foi um momento de excelente convívio e fortalecimento de laços entre todos os elementos da comitiva Nacional que iria participar nos Campeonatos do Mundo de Trail (participei na qualidade de acompanhante técnico, representando a Federação Portuguesa de Atletismo).


Tour du Mont Blanc, em Junho, 190 km em 4 etapas em autonomia em cada uma delas, com estadia em refúgios de montanha, uma organização do Paulo Pires.

Este foi um dos "passeios" mais interessantes que já fiz, com uma das equipas mais Loucas e divertidas de sempre. Mas o melhor é lerem o relato do Paulo Pires. Está lá tudo.


Alcains Trail Camp em Julho, uma organização do Didier Valente.

Pernoitámos no ginásio da escola local e no sábado cumprimos um treino inolvidável, na magnífica Serra da Estrela,  de cerca de 47 km, com início em Alvoco, subida à Torre, descida subsequente a Loriga e percurso inverso (cerca de 3.000 m D+). Foi a 2ª vez que participei neste Trail Camp e mais uma vez adorei a experiência.


Inauguração do Centro de Trail de Vila Nova, em Julho.

Inauguração de um dos 2 primeiros Centros de Trail Running em Portugal (o outro foi inaugurado no fim-de-semana anterior em Penacova). Um conceito muito interessante que irá sem dúvida divulgar ainda mais o Trail Running e permitir que muitos desportistas percorram trilhos míticos em qualquer altura do ano, sem necessidade de o fazer em prova.


Treino Convívio do Vitorino Coragem, em Julho, em Miranda do Corvo, com centro logístico no Centro de Trail de Vila nova.

Foram dois treinos muito divertidos, com direito a banhos em cascatas e abastecimentos regulares muito bem providos de cerveja e grelhados. Ninguém como o Vitorino para nos oferecer de bandeja o que a Serra e as gentes locais têm de melhor para dar.


Todos estes estágios têm sido momentos de convívio priveligiado com pessoas e atletas de eleição. É muito gratificante poder conhecer indivíduos das mais variadas origens geográficas, profissões e idades, todos unidos pela mesma paixão pela corrida na natureza e pelo convívio saudável. Pudera eu viver muitos anos com saúde para poder usufruir sem limites desta minha enorme paixão.




1 comentário:

  1. Já fiz alguns trail camps com o Armando Teixeira e posso dizer que foram oportunidades únicas de conviver com pessoas que, tal como refere, estão "unidos pela mesma paixão pela corrida na natureza e pelo convívio saudável". Além disso aprendi imenso. Muito do que sei hoje (técnica de uso de bastões, p.e.) aprendi nos trail camps.

    ResponderEliminar