domingo, 28 de abril de 2019

Andorra Ultra Trail VallNord - Ronda dels Cims 2019 - S02E08







Amar
Que pode uma criatura senão,
Entre criaturas, amar?
Amar e esquecer, amar e malamar,
Amar, desamar, amar?
Sempre, e até de olhos vidrados, amar?
Que pode, pergunto, o ser amoroso,
Sozinho, em rotação universal, senão
Rodar também, e amar?
Amar o que o mar traz à praia,
O que ele sepulta, e o que, na brisa marinha,
É sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia?
Amar solenemente as palmas do deserto,
O que é entrega ou adoração expectante,
E amar o inóspito, o áspero,
Um vaso sem flor, um chão de ferro,
E o peito inerte, e a rua vista em sonho,
E uma ave de rapina.
Este o nosso destino: Amor sem conta,
Distribuído pelas coisas pérfidas ou nulas,
Doação ilimitada a uma completa ingratidão,
E na concha vazia do amor à procura medrosa,
Paciente, de mais e mais amor.
Amar a nossa falta mesma de amor,
E na secura nossa, amar a água implícita,
E o beijo tácito, e a sede infinita.
  • Carlos Drummond de Andrade


É isso mesmo: amar! Sem amor não se consegue treinar para uma prova destas.
Sobretudo é necessário muito, muito amor: amor pela brisa no rosto, pelo coração que bate, pelo entardecer na Serra, pelo Sol e pela Chuva, pelo suor no rosto e sangue na boca, pelo som dos pássaros, pela humidade do nevoeiro, pelas arestas cortantes das pedras, pelo macio duro da rocha, pelas raízes e pelos troncos das árvores, pelo vento que sopra nas copas, e o pó que se liberta do chão. Muito, muito, muito amor...




6º Mesociclo

(13ª, 14ª, 15ª e 16ª semanas de 2019 - 25/03 a 21/04



Mais um bom Mesociclo, se bem que menos intenso do que os anteriores, virtude de constrangimentos na minha vida pessoal e profissional.


Pelo menos, o sono parece ter regularizado.




Já o peso, está difícil voltar a baixar. Vai ser complicado levar estes 7kg extra pela montanha acima, mas hei-de conseguir.




Mesociclos semanais:


total mensal:


total anual:



O perímetro da Terra, no Equador, são 40.075 km. Mais um ano e devo conseguir completar uma volta inteira. Do nível do mar ao alto do Everest são 8.842 m. Mais um ano e devo conseguir completar 100 subidas e descidas.




A minha medida de treino, desde que comecei a treinar regularmente, em 2008:

km-effort = distância (km) + 10 x desnível (km)




Comparação homóloga dos Mesociclos (mesociclo = 4 semanas de treino).

A linha azul clarinha é a do corrente ano de 2019. Coloco todos os mesociclos desde o ano em que fiz a minha primeira prova de 100 milhas (2012)

Aqui está a lista completa:





Um mês bom, são 400 km



Subir, subir, subir... descer, descer, descer...

É a Altimetria Estúpido!

O 2º e o 3º mesociclos deste ano de 2019 foram fantásticos.




Agora, há-que não esmorecer e continuar a treinar com força e método.

A prova de teste, o EGT - Estrela Grande Trail - 80K/5KD+, está à porta!






Sem comentários:

Enviar um comentário